Archive for June, 2009

Michael Jackson

Monday, June 29th, 2009

 

Michael_800_600

 

Michael’s Wallpaper (by Ismar Neuber)

 

800 x 600

1440 x 900

1280 x 1024

1024 x 768

 

iPod Essentials (Vol.17)

Wednesday, June 24th, 2009

 

Enjoy the good vibes my friends...

 

Sade – Never As Good As The First Time

Rick Braun – Night Walk  (Julinho’s Late Night Version)

Saint Etienne – Hug My Soul

Shakatak – Down The Street

Pointer Sisters – Jump

Richard Dorfmeister Vs Madrid De Los Austrias – On The Moon Maybe

Reel People – Second Guess (Grant Nelson Remix)

Mondo Grosso feat. Amel Larrieux – You Know Better

Milton Nascimento – Tudo Que Você Podia Ser (Maravilhoso)

Jazzyfatnastees – Hear Me

Erasure – Chains of Love

Coldplay – Viva La Vida

Andy Holder Pres. Rhythm & Soul – Nothing Like Jazz (Rhythmic Soul Mix)

4hero – Morning

 

Aproveite o seu dia

Friday, June 19th, 2009

 

Aí um dia você toma um avião para Paris, a lazer ou a trabalho, em um vôo da Air France, em que a comida e a bebida têm a obrigação de oferecer a melhor experiência gastronômica de bordo do mundo, e o avião mergulha para a morte no meio do Oceano Atlântico. Sem que você perceba, ou possa fazer qualquer coisa a respeito, sua vida acabou. Numa bola de fogo ou nos 4.000 metros de água congelante abaixo de você naquele mar sem fim.

Você que tinha acabado de conseguir dormir na poltrona ou de colocar os fones de ouvido para assistir ao primeiro filme da noite ou de saborear uma segunda taça de vinho tinto com o cobertorzinho do avião sobre os joelhos. Talvez você tenha tido tempo de ter a consciência do fim, de que tudo terminava ali. Talvez você nem tenha tido a chance de se dar conta disso.

Tudo que ia pela sua cabeça desaparece do mundo sem deixar vestígios. Como se jamais tivesse existido. Seus planos de trocar de emprego ou de expandir os negócios. Seu amor imenso pelos filhos e sua tremenda incapacidade de expressar esse amor. Seu medo da velhice, suas preocupações em relação à aposentadoria. Sua insegurança em relação ao seu real talento, às chances de sobrevivência de suas competências nesse mundo que troca de regras a cada seis meses. Seu receio de que sua mulher, de cuja afeição você depende mais do que imagina, um dia o deixe. Ou pior: que permaneça com você infeliz, tendo deixado de amá-lo. Seus sonhos de trocar de casa, sua torcida para que seu time faça uma boa temporada, o tesão que você sente pela ascensorista com ar triste. Suas noites de insônia, essa sinusite que você está desenvolvendo, suas saudades do cigarro. Os planos de voltar à academia, a grande contabilidade (nem sempre com saldo positivo) dos amores e dos ódios que você angariou e destilou pela vida, as dezenas de pequenos problemas cotidianos que você tinha anotado na agenda para resolver assim que tivesse tempo. Bastou um segundo para que tudo isso fosse desligado. Para que todo esse universo pessoal que tantas vezes lhe pesou toneladas tenha se apagado. Como uma lâmpada que acaba e não volta a acender mais.

Então, aproveite bem o seu dia. Extraia dele todos os bons sentimentos possíveis. Não deixe nada para depois. Diga o que tem para dizer. Demonstre. Seja você mesmo. Não guarde lixo dentro de casa. Não cultive amarguras e sofrimentos. Prefira o sorriso.. Dê risada de tudo, de si mesmo. Não adie alegrias nem contentamentos nem sabores bons. Seja feliz. Hoje. Amanhã é uma ilusão. Ontem é uma lembrança. No fundo, só existe o hoje.

Um lindo dia pra você.

 

Blue Six

Sunday, June 7th, 2009

 

bluesix

 

Muita gente ainda não conhece o som deles. O Blue Six é um daqueles grupos fantasmas que nunca apareceu em nenhuma parada musical e nunca estourou por aí…mas o som é simplesmente genial. Fico surpreso que eles ainda não tenham conseguido o reconhecimento merecido. O som tem um estilo bem Soulful, Deep House e Smooth Jazz. Vale conferir.

Fiquei conhecendo o Blue Six numa revista inglêsa, o que me chamou mais a atenção no artigo foi que apesar deles não serem conhecidos pelo grande público, existe uma enorme legião devota de fãs que os acompanham por todas as partes. Seus shows são sempre lotados e cheios de energia. O Blue Six é um grande culto underground.

Investigando um pouco mais sobre eles, descobri também que o nome Blue Six nada mais é do que um apelido criado pelo próprio Produtor/Remixer e co-fundador da Naked Music Records Jay Denes. A NMR é a mesma gravadora de Miguel Migs, Aquanote, Aya e Lisa Shaw (vocalistas oficiais do Blue Six) entre outros grandes feras. O Jay Denes é um Professor Pardal do estúdio…sabe tudo, toca tudo, cria tudo, arranja tudo e mixa tudo…ufa!

A música do Blue Six é muito sexy, sedutiva, inteligente e gostosa de ouvir. É música para todos os momentos. Cada vez mais me pego ouvindo as músicas deles no meu dia-a-dia.

Agora chegou a sua vez de conhecê-los também. Enjoy the music and the happy vibes my friends.

 

Blue Six – Aquarian Angel

Blue Six – All I Need

Blue Six – Beautiful Tomorrow

Blue Six – Close To Home

Blue Six – Fast Free Delivery

Blue Six – Lets Do It Together

Blue Six – Love Yourself

Blue Six – Music & Wine (Funkaphonic Radio Edit)

Blue Six – Music & Wine (Teksoul Dub)

Blue Six – Pure Jays (Original Vox Mix)

Blue Six – Sweeter Love (Sax Mix)

Blue Six – Very Good Friends

Blue Six – Yeah

Blue Six – You Just Can’t Stop

 

Voo 447

Thursday, June 4th, 2009

 

Desde as primeiras horas do dia 01 de Junho, tivemos a triste notícia de que um avião não havia chegado ao seu destino no horário previsto e, não por um simples atraso mas por algo muito grave que havia acontecido.

Logo quando temos notícias desse tipo, fico imaginando como estariam os familiares e amigos, que ao invés de apanhar seus queridos, sempre tão aguardados, recebem a notícia de que algo muito errado tenha acontecido. Momentos de noticias desencontradas, apreensão angústia até chegar a notícia que mais temiam, a confirmação de uma tragédia. Tristes horas!

Sempre que acontecem coisas assim me vem á mente, e agora mais ainda quando saiu uma nota que pelas gravações os ocupantes tiveram quatro minutos de pânico…do que tenha passado na mente de cada uma dessas pessoas nesses quatro minutos? Talvez alguns acharam que seria apenas uma coisa passageira e que tudo acabaria bem. Talvez pensaram nas pessoas que os estariam aguardando no aeroporto ou talvez pensaram em Deus…oraram…ou se lamentaram. Ninguém poderá saber ao certo o que passou pela cabeça dos passageiros naqueles trágicos e longos quatro minutos.

Vem á minha mente uma outra coisa. Quantas daquelas pessoas achavam que tinham “todo o tempo do mundo” ou quase todo para fazer isso ou aquilo, adquirir, fazer, dizer! É, que quase sempre todos nós achamos que temos todo o tempo do mundo para darmos fim á um desentendimento, ressentimento, pedir perdão por alguma coisa que fizemos, para perdoar alguém ou até mesmo dizer á alguém que amamos essa pessoa. Achamos que temos muito tempo para dizer certas coisas. Mas o tempo não nos dá tempo.

Então, vai aqui a minha sugestão…FAÇA, VÁ, REALIZE, PERDOE, AME, DIGA para não correr o risco de por esperar muito…no final você só poder se lamentar!